Plano estadual de Saúde: Sistema Penitenciário

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cartilha_pnssp.pdf

A população prisional, por sua condição de confinamento, está exposta a fatores de risco e um número significativo de casos de DST/AIDS,tuberculose, pneumonias, dermatoses, transtornos mentais, hepatites B e C, traumas, diarréias infecciosas, além de outros problemas como hipertensão arterial e diabetes mellitus, sem falar em outros fatores de risco como a dependência de álcool e drogas etc. Estes fatores constituem-se um problema de saúde pública em potencial, uma vez que o sistema prisional pode funcionar como um “concentrador” destas patologias e, portanto, com um foco de dispersão para a população em geral.

Originador(es): Governo do Estado de São Paulo. Secretaria de Estado da Saúde
Recurso adicionado em: 24/10/2011
Idiomas disponíveis: Português
Saúde Pública, Assistência à Saúde, Prisões, Fatores de Risco, Doenças Transmissíveis, Doenças Sexualmente Transmissíveis, Síndrome de Imunodeficiência Adquirida, Alcoolismo, Drogas Ilícitas, Saúde Mental
  • Compartilhar
  • Sugerir uma palavra-chave
    [X]
    Sugestões
    Separadas por virgula
    [X]
    Obrigado por sua sugestão.
    Problemas de comunicação. Por favor tente novamente.
  • Informar um erro
    [X]
    Motivo
    Novo Link (opcional)
    [X]
    Obrigado por informar este problema.
    Problemas de comunicação. Por favor tente novamente.